Prêmios

Equipe vencedora do Desafio da Notícia, promovido pela Tv Band em 2008

Equipe vencedora do Desafio da Notícia, promovido pela Tv Band em 2008

Premiações e reconhecimentos já obtidos pelos corpos discente e docente do curso de Jornalismo do UniBrasil Centro Universitário.

2005

  • Jornal Capital da Notícia –  terceiro lugar na categoria “Jornal Laboratório na 10ª edição do Prêmio Sangue Novo, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. O trabalho teve coordenação do prof. João Augusto Moliani.

2008

  • Desafio da Notícia – curso de Jornalismo foi campeão invicto da competição jornalística promovida pelo canal Bandeirantes, em um desafio semanal em que 5 instituições produziam reportagens televisivas e competiam entre si. Além da UniBrasil, participaram do Desafio da Notícia a UFPR, UEPG, Universidade Positivo e Facinter.
  • Programa Holofote – terceiro lugar na categoria “Projeto em Telejornalismo” na 13ª edição do Prêmio Sangue Novo, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, com coordenação da prof. Suyanne Tolentino.
  • Livro reportagem “O autismo é outra história” – primeiro lugar na categoria “Livro reportagem” na 13ª edição do Prêmio Sangue Novo, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. O livro é de autoria de Nelci Guimarães e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Documentário “Amor sem fronteiras” – prêmio “Relevância social” na 13ª edição do Prêmio Sangue Novo, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. O projeto é de autoria de Michele Sessi e teve orientação do prof. Carlos Gonzaga.

 


2009

  • Programa de rádio “Raízes do Rap” – segundo lugar na categoria “Projeto em Radiojornalismo” na 14ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Frederico Alves Pinheiro e teve orientação do prof. Rafael Schoenherr.
  • Revista “Corujas” – segundo lugar na categoria “Projeto em Jornalismo Impresso” na 14ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Allyne Louise Mauricio Alves e Marina Wagner Portella e teve orientação da prof. Ana Maria Melech.
  • Site “Pauta Urbana: Meio ambiente urbano como pauta para jornalistas de Curitiba” – segundo lugar na categoria “Projeto Jornalístico para Internet” na 14ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Vanessa Maritza Dutra Malschitzky e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Livro reportagem “Dinamite – uma tragédia em Curitiba”, de autoria de Anna Carolina Azevedo, sob orientação da professora Maura Oliveira Martins – selecionado para edição e distribuição em escolas do estado do Paraná em edital da Secretaria de Cultura do Paraná, impresso pela Imprensa Oficial.

2010

  • 2º Prêmio Unimed de Jornalismo –  primeiro lugar para o estudante José Aristides Pires na categoria “Destaque acadêmico – Impresso”, com a matéria  “Prevenção é sinônimo de bem-estar e economia”, sob orientação do prof. Felipe Harmata.
  • 2º Prêmio Unimed de Jornalismo –  segundo lugar para o estudante Ricardo Alexandre Pereira na categoria “Destaque acadêmico – Rádio”, com a matéria “Obesidade: As dificuldades de quem depende do sistema de saúde pública”, sob orientação do prof. Julius Nunes.
  • Programa de rádio “Se liga motorista” – primeiro lugar na categoria “Projeto em Radiojornalismo” na 15ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Oscar Ariel, Paula Ferronato e Luiz Augusto e teve orientação do prof. Paulo Cajazeira.
  • Cobertura fotográfica “Um olhar sobre o Instituto Andres Kasper” – segundo lugar na categoria “Fotojornalismo” na 15ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Kadiggia Cher Pudelko e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Jornal da UniBrasil – terceiro lugar na categoria “Radiojornal Laboratório” na 15ª edição do Prêmio Sangue Novo, com orientação do prof. Felipe Harmata.

2011

  • IV Prêmio de Jornalismo Ambiental– segundo lugar na categoria profissional/reportagem em mídia eletrônica (rádio, TV e web) para o prof. Felipe Harmata.
  • Projeto “O Papel da Rádio Comunitária Pinhais FM” – primeiro lugar na categoria “Reportagem para rádio” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Daiane Andrade Candido e Vanuza Machado e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Projeto “Os artistas da Rua XV” – segundo lugar na categoria “Reportagem para rádio” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Jesse Henrique Gomes de Lima e Cássio Deconto Milleo e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Projeto “O Futebol Paranaense em Forma de Entretenimento: Bola de Pinha” – primeiro lugar na categoria “Projeto em Radiojornalismo” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Fábio Mandryk Ferreira e Lucas Laranjeira e teve orientação da prof. Elaine Javorski.
  • Cobertura multimidiática – segundo lugar na categoria “Projeto jornalístico para internet” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo, com orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Projeto de site para setor de comunicação da Polícia Federal no Paraná – primeiro lugar na categoria “Projeto jornalístico para assessoria de imprensa” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O programa é de autoria de Luana Siqueira Honorato e teve orientação do prof. Julius Nunes.
  • Monografia  Veja e Carta Capital: As estratégias discursivas e ideológicas das reportagens “O câncer no palanque” e “Dilma não se entrega”, sobre a revelação do câncer de Dilma Rousseff – primeiro lugar na categoria “Monografia” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O trabalho é de autoria de Igor Iuan e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Documentário “Cantinho Feliz” – segundo lugar na categoria “Videodocumentário” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de Daiane da Rosa e Grazieli Francini Teixeira e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Documentário “Com os pés na Lama” – finalista Expocom Sul na categoria “Livro reportagem”. O documentário foi desenvolvido por Robson Custódio e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Livro reportagem “Cantinho Feliz” – finalista Expocom Sul na categoria “Documentário em vídeo”. O documentário foi desenvolvido por Daiane da Rosa e Grazieli Francini Teixeira. e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Jornal da UniBrasil – primeiro lugar na categoria “Radiojornal Laboratório” na 16ª edição do Prêmio Sangue Novo, com orientação do prof. Felipe Harmata.
bandpenorio3

Equipe vencedora da competição Band Pé no Rio, em 2012

2012

  • Band Pé no Rio – a instituição foi campeã invicta da competição televisiva que contou com a participação de instituições de ensino superior para o desenvolvimento de projetos socioambientais em bairros de Curitiba. A equipe das Faculdades Integradas do Brasil reuniu alunos dos cursos de Jornalismo, Administração e Educação Física
  • Prêmio Unimed de Jornalismo – primeiro lugar na categoria destaque acadêmico para as estudantes Emily Cristine e Liriane Kampf. O trabalho teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Reportagem “Às vezes é preciso sujar as mãos”  – primeiro lugar na categoria “Reportagem Impressa” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. A reportagem é de autoria de Ramon Voltolini de Assis, David Musso e Carlos E. Liesemberg Dias Ferreira e teve orientação do prof. Victor Folquening.
  • Documentário “Liberdade de Expressão: O Caso Gladimir Nascimento na Band News FM” – primeiro lugar na categoria “Videodocumentário” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de Douglas Santucci e Marcos Mariano e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Documentário “Suicídio na Mídia: Um Tema tabu envolto num véu de silêncio” – segundo lugar na categoria “Videodocumentário” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de  Anderson Henrique Mariano, Ivonete Francielle Silva Costa e Michele Saide e teve orientação da prof. Elaine Javorski
  • Documentário “Ivo Rodrigues sou legal eu sei” – terceiro lugar na categoria “Videodocumentário” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de  Wanderli Loyola e Nicole Beraldo e teve orientação do prof. Julius Nunes.
  • Reportagem “Empregabilidade” – segundo lugar na categoria “Reportagem para Rádio” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de David Musso e Lucio Woytovicz Junio e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • “Série de reportagens sobre Hanseníase: Uma doença grave que tem cura” – terceiro lugar na categoria  “Reportagem para Rádio” na 17ª edição do Prêmio Sangue Novo. O documentário é de autoria de Giulianne Kuiava e Rafaela Fiala de Alencar e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
Sangue novo

Alunos vencedores do prêmio Sangue Novo 2012.

2013

  • Jornal digital “Capital Cultura” – primeiro lugar na categoria  “Produto jornalístico web blog de notícias” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O jornal é um projeto de extensão do curso e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • “Próxima Dose: Novas formas de atingir usuários no Jornalismo On-Line” – segundo lugar na categoria  “Produto jornalístico web blog de notícias” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto é de autoria de Jessica Soares e teve orientação do prof. Ivan Mizanzuk.
  • “Sintonia Magazine” – terceiro lugar na categoria  “Produto jornalístico web blog de notícias” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por equipe liderada por Lucio Woytovicz Jr. e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Documentário “Onde tá o jornal?” – primeiro lugar na categoria “Videodocumentário” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por Ramon Voltolini e Carlos Ferreira, e teve orientação da prof. Suzana Rozendo.
  • Projeto de Pesquisa “Representação das Migrações Contemporâneas na Mídia” – primeiro lugar na categoria “Pesquisa em Jornalismo”, concedido à instituição, na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto de pesquisa é coordenado pela prof. Elaine Javorski.
  • Radiodocumentário “Comissão da Verdade: Vozes da Resistência” – segundo lugar na categoria  “Radiodocumentário” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por Liriane Kampf, Emily Kravetz e Chirley Patrine, e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Livro reportagem “Rememórias: A trajetória dos Condenados” – segundo lugar na categoria “Relevância Social” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O livro foi desenvolvido por Daiane Andrade e Jessé Henrique, e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Projeto “Sentinela News” – terceiro lugar na categoria “Web gestão de Mídias Sociais” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por equipe liderada por Lucio Woytovicz Jr. e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Projeto “Sentinela News: a convergência de mídias e o pós-Hard News na cobertura do primeiro turno das eleições municipais de Curitiba” – finalista Expocom Sul na categoria “Produção em Jornalismo Digital”. O projeto foi desenvolvido por equipe liderada por Lucio Woytovicz Jr. e teve orientação do prof. Felipe Harmata
  • Projeto “Polícia Federal: a guardiã da fronteira – videodocumentário institucional sobre a atuação do órgão contra o tráfico de drogas na fronteira do Paraná” – finalista Expocom Sul na categoria “Projeto de Assessoria de Imprensa”. O projeto foi desenvolvido por Andrea de Moraes e Elisana Fuckner, e teve orientação do prof. Felipe Harmata.
  • Jornal “Capital da Notícia Mobilidade Urbana” – terceiro lugar na categoria “Produto Jornalismo Impresso” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por equipe de estudantes na disciplina de Redação Jornalística IV, liderados pela aluna Liriane Kampf, e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Plano de Comunicação Institucional desenvolvido para o “Instituto Paz no Trânsito” – terceiro lugar na categoria “Assessoria de Imprensa” na 18ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por equipe de estudantes na disciplina de Laboratório de Assessoria de Comunicação e teve orientação do prof. Hendryo André.
Projeto multimídia

Projeto multimídia “Opinião a mão livre”, finalista do Expocom Sul 2014

2014

  • “Plano de comunicação integrada para o Instituto Paz no Trânsito” – finalista Expocom Sul na categoria “Projeto de Assessoria de Imprensa”. O projeto foi desenvolvido por estudantes de sétimo e oitavo períodos e teve orientação do prof. Hendryo André.
  • Livro reportagem “O jogo depois do jogo” – finalista Expocom Sul na categoria “Livro reportagem”. O livro foi desenvolvido por Paulo de Siqueira e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Agência Experimental Midiabólicos – finalista Expocom Sul na categoria “Agência de Jornalismo”. A agência envolve alunos de vários períodos e tem coordenação dos professores Elaine Javorski, Maura Martins e Rodolfo Stancki.
  • Projeto Capital Cultura – finalista Expocom Sul na categoria “Blog”. O projeto de extensão envolve alunos de vários períodos e tem coordenação dos professores Maura Martins e Rodolfo Stancki.
  • Webdocumentário “Opinião a mão livre” – finalista Expocom Sul na categoria “Projeto Multimídia”. O projeto foi desenvolvido por Lucyllen Reis e Paula Senff e teve orientação do prof. Hendryo André.
  • Documentário “Expressão da rua” – finalista Expocom Sul na categoria “Documentário/ não-ficção”. O projeto foi desenvolvido por Liege Scremin e Matheus Gasparin e teve orientação da prof. Elaine Javorski.

 

11317_809067499128013_4890707173529371697_n

Agência Midiabólicos, finalista do Expocom.

2015

  • Plataforma “Meu Ambiente News” – segundo lugar na categoria “Produto Jornalístico Web – Gestão e Mídias Sociais” na 19ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelos egressos Tiago Machado, Evelyn Arendt e Rafael Passos como TCC e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • Capital da Notícia – Centro Histórico – primeiro lugar na categoria “Blog de Notícias” na 19ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pela turma 4JOAN na disciplina de Planejamento Editorial e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • Projeto Capital Cultura – segundo lugar na categoria “Blog de Notícias” na 19ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido por alunos de diversos períodos e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • Projeto de Pesquisa “Representação das Migrações Contemporâneas na Mídia” – primeiro lugar na categoria “Pesquisa em Jornalismo”, concedido à instituição, na 19ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto de pesquisa é coordenado pela prof. Elaine Javorski, com a participação de egressos e alunos de vários períodos do curso.
  • Programa “Alô, Saúde! Reportagens especiais sobre medicina preventiva e saúde da família” – segundo lugar na categoria “Reportagem para Rádio” na 19ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelas egressas Liriane Kampf e Amanda Toledo como TCC e teve orientação do prof. Hendryo André.
  • Reportagem “Supercana do Sertão – primeiro lugar do 14º Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo vencido pelo egresso Cassiano Ribeiro.
Cassiano

Cassiano Ribeiro, primeiro lugar no prêmio Massey Ferguson de Jornalismo.

 

2016

  • Site “Jornalismo para todos” – segundo lugar na categoria “Portal de Notícias” na 20ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelo egresso Marcio Taniguti como TCC e teve orientação da prof. Maura Martins.
  • Programa “Docrádio – A dramaturgia no rádio” – terceiro lugar na categoria “Radiodocumentário” na 2oª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelos alunos Thayná Peres, Giovanna Faria, Giovanna Tortato, Gabriella Maciosek, Gianlucca Roldan e Manoela Tkatch e teve orientação da prof. Thays Poletto.
  • “Capital da Notícia Vida de Estádio” – primeiro lugar na categoria “Projeto Jornalístico para Web” na 2oª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pela turma 5JOAN e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki e Maura Martins.
  • Programa “Rabiscando” – terceiro lugar na categoria “Programa de Rádio” na 2oª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelo aluno Clayton Rucaly e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • Newsgame “Salvando Curitiba: Uma Proposta de Newsgame Sobre a História de Curitiba a Partir do Plano Agache” – vencedor regional e nacional do prêmio Expocom na categoria “Games”. O projeto foi desenvolvido por Camile Kogus e teve orientação do prof. Gabriel Bozza.
Sangue novo.jpg

Alunos vencedores no prêmio Sangue Novo 2016.

 

2017

  • Reportagem “Lares Roubados” – terceiroo lugar na categoria “Reportagem escrita digital” na 21ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pela aluna Giovanna Tortato e teve orientação do prof. Ricardo Sabbag
  • Programa “Rabiscando Temático” – terceiro lugar na categoria “Programa de Rádio” na 21ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelo aluno Clayton Rucaly com orientação do prof. Rodolfo Stancki.
  • Projeto de Pesquisa “Representação das Migrações Contemporâneas na Mídia” – primeiro lugar na categoria “Pesquisa em Jornalismo”, concedido à instituição, na 21ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto de pesquisa é coordenado pela prof. Elaine Javorski, com a participação de egressos e alunos de vários períodos do curso.
  • “Capital da Notícia Mercado de Trabalho” – primeiro lugar na categoria “Projeto Jornalístico para Web – Mídias Sociais” na 21ª edição do Prêmio Sangue Novo. O projeto foi desenvolvido pelas turmas 5JOAN e 5JOAD e teve orientação do prof. Rodolfo Stancki.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s