Projeto Linha Preta é lançado em Curitiba

O projeto Linha Preta, desenvolvido pelos alunos do sétimo período do curso de Jornalismo em parceria com o Humaita, Centro de Estudo e Pesquisa da Arte e Cultura Afrobrasileira, foi lançado no domingo, dia 24 de junho, na Casa Romário Martins, no Largo da Ordem.
A nova proposta de roteiro turístico na capital, que apresenta 21 pontos marcados pela história dos afrodescendentes, resulta da assessoria prestada pelos alunos durante a disciplina Laboratório de Assessoria de Imprensa, ministrada pela professora Elaine Javorski no primeiro semestre de 2018. O objetivo do trabalho é dar visibilidade à contribuição dos negros na construção física e social de Curitiba, comprovando sua existência e colaboração para a construção cultural da capital paranaense. “A comunidade afrodescendente já participava da vida social e cultural em Curitiba duzentos anos antes da chegada dos imigrantes. Mas as memórias destes personagens não ficaram registradas nas narrativas oficiais do município. Foi preciso garimpar muito nas entrelinhas dos livros diversos para poder embasar algumas histórias que eram conhecidas apenas em narrativas orais”, relata Melissa Reinehr, presidente do Humaita.
Para compreender de forma prática essa presença negra, foi criado um mapa interativo digital focado no centro histórico da cidade, construído a partir dos pontos levantados pelo centro cultural. O design do mapa foi produzido pelos alunos de Design, Gabriel de Jesus e Bruno Spiri. A turma de Jornalismo ficou responsável pelo projeto multimídia que contou com textos, vídeos e fotografias sobre os locais. Além do site que abriga todas essas informações, o perfil dos 21 pontos foi disponibilizado nas redes sociais Facebook e Instagram, adaptando a linguagem para cada plataforma.
Além do projeto em formato digital, também foi produzido um mapa impresso que será distribuído nos principais pontos turísticos da cidade.
Para o aluno Ricardo Alcântara, esse foi um trabalho desafiador. “Com esse projeto tivemos a oportunidade de pesquisar a fundo as origens de Curitiba e de contar histórias esquecidas, deixadas de lado, literalmente. A partir disso, foi possível resgatar as origens da capital paranaense, escondidas pelo Movimento Paranista. A Linha Preta terá, com certeza, uma importância histórica para a cidade, além de acadêmica e científica para nós, estudantes que participamos”, relata.
Você pode conferir a Linha Preta em:
Instagram: instagram.com/linhapreta.curitiba
Anúncios
Publicado em Notícias | Publicar um comentário

Egressos lançam livro sobre a Fundação Weiss Scarpa

34809171_1509112245884490_7568442939236417536_nOs jornalistas Danielle Mei e José Pires, egressos do UniBrasil, lançam o livro “Fundação Weiss Scarpa: uma trajetória voltada à emancipação social em Pinhais”, que celebra os 30 anos da Fundação Weiss Scarpa. O livro será disponibilizado pela primeira vez em evento alusivo ao aniversário na própria sede da fundação.

A Fundação foi iniciada pelo casal Adelaide Weiss e Umberto Scarpa, que residiam em Pinhais desde a primeira metade do século 20. Como não tiveram herdeiros, decidiram iniciar esse projeto que visa a emancipação social e o apoio aos mais necessitadas da comunidade. Além da preservação da memória de Pinhais, a instituição atua há 15 anos na profissionalização de jovens.

Segundo o presidente da Fundação Weiss Scarpa, padre Antonio Carlos Zago, ela tem papel fundamental não só no município de Pinhais, mas em todas as regiões onde já atuou e atua. “Graças a existência da Fundação, conseguimos fazer a diferença na vida de muitas pessoas, e isso nos motiva cada vez mais a darmos continuidade aos nossos trabalhos”.

A diretora do Centro de Educação Profissional Comendador Umberto Scarpa, Matilde Dias Martins Pupo,  conta: “já foram atendidos mais de 15 mil adolescentes, jovens e adultos, nos projetos de qualificação profissional da Fundação Weiss Scarpa. Temos certeza de que ajudamos a transformar a vida dessas pessoas, preparando-os para o acesso ao mundo do trabalho”.

Além da formação profissional, a Fundação mantém parcerias para atendimento em outras localidades, como Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Cambará (PR) e Lebon Régis (SC). Também presta atendimento no Lar de Idosos Adelaide Weiss e foi responsável pela restauração de um dos patrimônios do município de Pinhais, a Igreja Nossa Senhora da Boa Esperança.

Publicado em Egressos, Eventos externos, Extensão, Notícias | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Websérie retrata os participantes do acampamento pró-Lula em Curitiba

31914198_165650810781250_8017919500215123968_nOs alunos do quinto período do curso de Jornalismo produziram neste semestre uma websérie sobre as pessoas que participam do acampamento pró-Lula em Curitiba. Inspirada no “Humans of New York – The Serie”, a série audiovisual usa como canal de exibição e divulgação o Facebook. São 12 episódios que irão ao ar até o final de junho. O material foi produzido para a disciplina Telejornalismo II, ministrada pela professora Elaine Javorski.

Para a professora, é muito importante que os alunos possam cobrir um fato histórico, que é a prisão de um ex-presidente da República. O movimento criado pelos apoiadores de Lula em abril de 2018 no entorno da Polícia Federal, em Curitiba, é parte desse momento e deve ser registrado. “Procuramos fazer um trabalho apartidário, de registro. A ideia é que os alunos possam vivenciar de perto um contexto político que fará parte da história do país. Além disso, é importante que eles se deparem com as questões ideológicas que surgem de um fato como esse e possam se manter neutros, como é a função do jornalista”, afirma a professora.

Os acadêmicos aproveitaram a oportunidade para aplicar na prática os conhecimentos sobre jornalismo audiovisual aprendidos em sala. O aluno Felippe Salles observa que esse trabalho foi desafiador. “Nós não sabíamos como seríamos recebidos lá, existia e ainda existe um tipo de mito de como funcionam as coisas na vigília e no acampamento. Com os vídeos, nós conseguimos, ao menos um pouco, acredito eu, tirar o estigma que existe. Fora que é um momento importante e histórico para o Brasil e, futuramente, poderemos nos lembrar desse momento como participantes ativos dele, como jornalistas que registraram parte dessa história”.

Acesse e curta: facebook.com/humansoflula

Publicado em Extensão, Notícias, Vídeos | Etiquetas , | Publicar um comentário

Alunos de Jornalismo fazem exposição fotográfica sobre discriminação

35151300_10156503380164166_7276647899142815744_n

Os acadêmicos do primeiro período do curso de Jornalismo abrem nesta quinta-feira, dia 14 de junho, a exposição fotográfica “Longe do outro”, sobre a discriminação na sociedade contemporânea. O tema foi escolhido pelos alunos e as imagens produzidas para a disciplina de Fotografia. “A ideia é fazer com que os alunos apliquem no ensaio as técnicas aprendidas durante o semestre”, relata a professora responsável pela matéria, Elaine Javorski.

Para o aluno Ricardo Macedo, esse assunto é muito importante e a ideia de retratá-lo em uma exposição fotográfica foi um desafio. “A discriminação nada mais é do que uma forma de afastar as pessoas. É triste ver isso acontecer nos dias de hoje. Por isso é de suma importância a conscientização para que haja um mundo melhor”, observa.

A exposição abre oficialmente às 20h30, na Sala de Leitura, e pode ser visitada no horário de funcionamento do local até o início do próximo semestre.

Publicado em Eventos, Extensão, Notícias | Publicar um comentário

Curso de Jornalismo recebe o repórter Mauri König

Post 2

O repórter Mauri König, um dos jornalistas mais premiados no país, estará no UniBrasil para contar sobre sua longa trajetória no jornalismo investigativo. Na ocasião, também lança a obra “Nos bastidores do mundo invisível”, que contém reportagens construídas durante toda a sua carreira.

O evento ocorre na quinta-feira, 07 de junho, às 19 horas, no auditório René Dotti (bloco 06). Não há necessidade de inscrição. Haverá emissão de certificados aos participantes.

Publicado em Eventos, Extensão, Notícias | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Curso de extensão sobre webwriting e jornalismo multimídia

32936692_10211828360491138_7794176241241686016_oOfertado nos próximos sábados (19 e 26 de maio), o curso de “Web writing, SEO e jornalismo multimídia”, ministrado pelo jornalista Lucio Woytovicz Junior, será um momento de conexão com o que se tem produzido de reportagens multimídias dentro do mercado. Também é uma maneira de apresentar recursos e ferramentas que estimulem os alunos a pensar novos formatos de produção de conteúdo e cumprir com a formação prevista no Projeto Pedagógico do Curso.

Lucio Woytovicz Junior é egresso do curso de Jornalismo do UniBrasil Centro Universitário. Durante sua passagem pela instituição, participou de diversos projetos de extensão e deu início ao seu portal de notícias “Sintonia Geek”, que é atualizado até hoje. Tem pós‐graduação em Produção e Avaliação de Conteúdo para Mídias Digitais e passagem por empresas como Porto Seguro, TV Bandeirantes, Meliá Hotels International, BR Malls, GSP Loteamentos, BandNews FM, Perfecta e Avon. Atualmente trabalha no Tribunal de Contas do Paraná. No evento, o egresso irá discutir técnicas de produção de jornalismo digital aplicado para a cobertura de eventos geeks.

Publicado em Egressos, Extensão, Notícias | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Escola de Comunicação tem 14 trabalhos selecionados no Intercom Sul

25352148_1857505774561316_4612685777806258457_oA escola de Comunicação do UniBrasil Centro Universitário marcará presença no XIX Congresso de Ciências da Comunicação da Região Sul (Intercom Sul), tanto na Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom) quanto nas mostras científicas. O evento acontece entre os dias 31 de maio e 2 de junho no Centro Universitário FAG, em Cascavel (PR).

Um dos maiores congressos de Ciências da Comunicação do país, o Intercom divide-se em segmentos: o Expocom, que premia as melhores produções acadêmicas de todos os cursos de Comunicação da região Sul; o Intercom Júnior, que conta com a participação de alunos na apresentação de pesquisas desenvolvidas durante a graduação; e os núcleos com as divisões temáticas, nos quais professores e pesquisadores da área da Comunicação apresentam artigos científicos.

Em 2018, os cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda têm nove trabalhos finalistas no prêmio Expocom da região, que concorrerão com outros trabalhos de toda a região Sul. Além disso, alunos e professores apresentarão trabalhos científicos.

Os projetos aceitos este ano passaram por duas etapas. A primeira foi avaliada individualmente, na qual os trabalhos de acadêmicos, professores e pesquisadores foram analisados e informados da sua aprovação. Na segunda fase, que acontecerá durante o evento, os finalistas serão convocados a participarem de uma mesa de discussão ressaltando os principais pontos dos trabalhos.

Continuar a ler

Publicado em Eventos externos, Extensão, Pesquisa científica, Prêmios, Professores | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário